blog-3

NOVAS DA GUINÉ-BISSAU

No mês passado, o nosso colaborador Winfried Glinka, viajou uma vez mais até à Guiné, para verificar como está a correr o trabalho neste tempo de pandemia. As restrições relacionadas com o Covid-19 são as mesmas que na Europa e apesar das escolas na cidade de Bissau estarem atualmente fechadas, o mesmo não acontece no resto do país ou nas ilhas. Como não são efetuados testes na Ilha das Galinhas ou na Ilha de Soga, oficialmente não há residentes com Covid. No entanto, são aplicadas todas as medidas de proteção, tais como manter o distanciamento, medição de temperatura e uso de máscara nas escolas.

A travessia de canoa para as ilhas continua a não ser fácil, mas apesar dos constrangimentos relacionados com o percurso e das restrições relacionadas com a pandemia, o responsável no terreno, Júlio Gomes, com o apoio da sua família “J”, Junia, Juliany, Josué, Josias, esforçam-se dia a dia, para fornecer alimentos e levar material didático para as ilhas.

No ano passado referimos que os nossos professores estavam a dar aulas em duas escolas na Ilha das Galinhas, para as quais tinham de caminhar uma distância de mais de 8 quilômetros. Neste momento informamos, que conseguimos entregar 3 bicicletas para essas deslocações, assim como 5 termómetros clínicos e 6 filtros de água, tudo graças aos nossos doadores.

Um bem-haja a todos!